«Nenhum Problema Tem Solução: Um Arquivo Digital do LdoD»

Manuel Portela

Manuel Portela, investigador responsável do projeto, fala do arquivo digital.

‘Nenhum Problema Tem Solução: Um Arquivo Digital do Livro do Desassossego’ tem como objetivo a criação de uma edição/arquivo digital hipermédia dedicado à obra Livro do Desassossego (LdoD), de Bernardo Soares/Fernando Pessoa. O arquivo agregará fac-símiles digitais de todos os materiais documentais do LdoD, transcrições diplomáticas desses materiais, uma tábua de concordâncias para as principais edições portuguesas publicadas entre 1982 e 2010 (Coelho 1982; Cunha 1990; Zenith 1998; Cunha 2008; Pizarro 2010), e ainda ferramentas de pesquisa e análise textual. O arquivo combinará uma edição genética e uma edição social do LdoD, mostrando-o ao mesmo tempo como rede potencial de intenções autorais e como construção conjectural dos seus sucessivos editores. A edição/arquivo digital procurará representar a dinâmica dos atos de escrita e de edição na produção e reprodução do LdoD. Os três principais objetivos da edição/arquivo digital são: (a) representar a dinâmica dos atos de escrita e de edição na produção do LdoD; (b) explorar o potencial do meio digital para recriar a história dessa dinâmica; e (c) criar um espaço de virtualização do LdoD que favoreça novas dinâmicas de leitura, de edição e de investigação no confronto dos leitores com esse corpus material de fragmentos escritos.

A segunda componente do projecto, ‘Nenhum Problema Tem Solução: Conceitos e Formas da Escrita e do Livro na Imaginação Modernista’, tem como objectivo analisar histórica e teoricamente formas e conceitos da escrita e do livro nas práticas modernistas. Tomará como ponto de partida as ideias da escrita e do livro no próprio LdoD. A possibilidade e a impossibilidade do livro serão analisadas no discurso e nas práticas modernistas e ao longo do século XX, consideradas num contexto translinguístico e transcultural. Por um lado, analisaremos obras que tomam a materialidade tipográfica do livro como horizonte do ato de escrita; por outro lado, analisaremos obras em que a escrita põe em causa os limites discursivos e conceptuais do livro, centrando-se numa exploração aberta da processualidade do ato de escrita que resulta em dispersão, fragmentaridade e incompletude. Esta teorização tem três objectivos principais: (a) elucidar a relação entre escrita e livro na produção de Fernando Pessoa; (b) enquadrá-la na consciência auto-reflexiva da escrita e dos processos bibliográficos e autobibliográficos na literatura modernista; e (c) desenvolver um modelo de investigação das práticas literárias centrado na materialidade verbal, técnica e social da linguagem e da comunicação.

Projeto de investigação financiado pela FCT

Designação: «Nenhum Problema Tem Solução: Um Arquivo Digital do Livro do Desassossego»
Unidade de Investigação: Centro de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra
Instituições Participantes: Biblioteca Nacional de Portugal e Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Investigação e Desenvolvimento em Lisboa (INESC ID, Universidade Técnica de Lisboa)
Data de início: 1 de março de 2012
Data de conclusão: 28 de fevereiro de 2015
Referência: PTDC/CLE-LLI/118713/2010
Cofinanciado pelo FEDER, através do Eixo I do Programa Operacional Fatores de Competitividade (POFC) do QREN, COMPETE: FCOMP-01-0124-FEDER-019715

Equipa do Projeto / Research Team
Manuel Portela (Investigador Responsável; CLP, Universidade de Coimbra)
Abel Barros Baptista (ELAB, Universidade Nova de Lisboa)
António Rito (INESC-ID Lisboa, Universidade Técnica de Lisboa)
António Sousa Ribeiro (CES, Universidade de Coimbra)
Daniela Côrtes Maduro (CLP, Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura)
John David Mock (CLP, Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura)
Osvaldo Manuel Silvestre (CLP, Universidade de Coimbra)
Paulo Silva Pereira (CLP, Universidade de Coimbra)
Pedro Serra (CLP, Universidade de Salamanca)
Ricardo Namora (CLP, Universidade de Coimbra)
Samuel Teixeira (CLP, Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura)

Consultores / Consultants
Johanna Drucker (Universidade da Califórnia, LA)
Matthew Kirschenbaum (MITH [Maryland Institute for Technology in the Humanities], Universidade de Maryland)
Jerónimo Pizarro (Universidade de Los Andes)
Susan Schreibman (Trinity College Dublin)
Richard Zenith (Instituto de Estudos Sobre o Modernismo, Universidade Nova de Lisboa)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: