A codificação como ‘close reading’

Manuel Portela, Diego Giménez e Tiago Santos, responsável e investigadores do projeto ‘Arquivo Digital LdoD’ respetivamente, lecionaram uma Summer School que visou dar a conhecer os princípios teóricos e as aplicações práticas da codificação de textos em XML (Extensible Markup Language) de acordo com a norma de codificação TEI (Text Encoding Initiative), a norma que utilizam para codificar os fragmentos da obra de Fernando Pessoa. Estas atividades enquadram-se no âmbito de metodologias caraterísticas das Humanidades Digitais, implicando novas formas de pensar e construir um objeto de investigação. Como disse o professor Portela, “codificar implica analisar o texto detalhadamente. De certa forma, é uma nova aceção daquilo que entendemos por close reading, capaz de tornar uma determinada representação textual computacionalmente processável”.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: